Home / Artigos / Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes

Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes

Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes

Normalmente não gostamos de pensar em líderes como pessoas preguiçosas, mais ser preguiçoso e inteligente pode tornar uma pessoa em um excelente líder, mas é preciso ficarmos atentos as comportamentos e não sair por aí rotulando essas categoria em específico. Aqui vamos então classificar o que é bom e os tipos de papéis os quais se encaixam.

Os quatro tipos de traços comportamentais

O chefe do Alto Comando do Exército da Alemanha von Hammrstein-Equord, dividia seus oficiais em quatro grupos, baseado em seus hábitos comportamentais: Inteligentes, diligentes, estúpidos e preguiçosos. Após a divisão, duas categorias seriam combinadas.

Os grupos eram definidos como:

  • Inteligente e diligente
  • Estúpido e preguiçoso
  • inteligente e preguiçoso
  • estúpido e diligente

Pessoas inteligentes e preguiçosas

Estúpido e diligente

Devemos tomar bastante cuidado com qualquer um que seja estúpido e diligente, a esse tipo de pessoa não se deve ser confiadas todas as responsabilidades em uma organização, pois sempre farão com desleixo causando sérios problemas. Esses devem ser demitidos imediatamente, pois sempre irão criar problemas e trabalho para os outros.

Todo trabalho realizado pelos estúpidos, diligentes e desinformados é desnecessário ou até mesmo inútil, pois sempre precisaram que alguém indique o caminho certo para executar seus trabalhos para que alguma coisa possa valer a pena.

Estúpido e preguiçoso

Normalmente quando temos essas pessoas, as mesmas costumam ficar acomodadas e acabam fazendo seu trabalho por pedaços, fazendo isso o tempo todo.

Inteligentes e diligentes

Essa categoria são pessoas que aparentemente são confiáveis e seguras, não desafiam autoridade. Muitas vezes as pessoas trabalham duro e costumam a desafiar a autoridade, talvez por isso crescem frustrados com o que consideram absurdo. Essas pessoas usam a maneira de não serem tão desafiadoras como uma forma inteligente e inquestionável para uma fácil promoção na organização.

Ser inteligente e preguiçoso

Os que são considerados inteligentes e preguiçosos serão sempre os mais qualificados para as mais altas funções de liderança por possuírem clareza intelectual e bastante sabedoria e serenidade para as mais difíceis tomadas de decisões.

Von Hammerstein-Equord acreditava que as melhores pessoas para tomar decisões difíceis eram os espertos, inteligentes e preguiçoso. As pessoas com essas características tem um desejo de tornar as coisas mais simples e fáceis, por terem uma clareza mental espetacular para encontrar maneiras de fazer isso.

Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes

As pessoas inteligentes e preguiçosas muitas vezes tem características que as tornam bons e eficazes líderes:

  • Sabem delegar a outras pessoas para fazerem as coisas;
  • Costumam se concentrar no que realmente é essencial e necessário para obter sucesso, evitando distrações desnecessárias.
  • Eles evitam o trabalho agitado, como exemplo as reuniões inúteis.

Com essas características fica claro que, como líderes tais pessoas se tornam mais eficientes e produtivos, do que seria em uma posição de baixo nível.

Inteligente e trabalhador não é a melhor combinação

Muitas vezes podemos pensar que ser diligente e inteligente é a melhor combinação. Não é necessariamente ruim, a diferença nas pessoas que não são preguiçosas é que estão mais propensas a seguirem instruções e costumam trabalhar bastante somente para cumprir o que lhes disseram para fazer.

 Por incrível que possa parecer, as pessoas inteligentes e preguiçosas tendem a questionar os processos afim de encontrar maneiras para que seu trabalho seja simplificado. Muitas vezes não se importam em sair da zona de conforto com o intuito de fazer perguntas e experimentar novas abordagens, enquanto os que são inteligentes e trabalhadores simplesmente desejam se encaixar no que foi proposto.

Vale ressaltar que esta categorização não deve ser aplicada a todas as pessoas, visto que é apenas um ponto de partida para o pensamento sobre a maneira de como trabalhamos e quais os tipos de papéis se encaixam melhor.

O que você achou de Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes?
Veja também:
Como vender bem – 5 maneiras de vender bem
PESSOAS VERDADEIRAS 10 COMPORTAMENTOS
10 características de pessoas auto motivadas
Comente Pessoas inteligentes e preguiçosas são líderes mais eficientes?

About Ramon Luiz

Ramon Luiz, profissional com vasta experiência em vendas e gestão empresarial, desde 1999 trabalhando com marketing no varejo e gestão de empresas, especialista em gestão de times comerciais, vários prêmios conquistados em rede franquias e canais de distribuição. Mais de 25.000 novos clientes conquistados nos últimos 8 anos. Estudioso dedicado de economia, comportamento do consumidor, novos métodos de captação de clientes e novas tecnologias destinadas a vendas.

Check Also

Curso de Robótica Educacional

Visando alcançar um novo público a Microlins lança em Manaus o Curso de Robótica Educacional 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *